Camex reduz imposto para telas de celulares e componentes eletrônicos de automóveis

0
0

Telas de cristal líquido para celulares e componentes eletrônicos de automóveis pagarão menos imposto para entrar no país. Duas resoluções da Câmara de Comércio Exterior (Camex) reduziram o Imposto de Importação desses produtos para 2% até 30 de junho de 2013. A decisão foi publicada nesta segunda-feira, 13, no Diário Oficial da União, que incluiu esses bens no regime ex-tarifário, mecanismo que reduz temporariamente as alíquotas de itens não fabricados no país.

A redução não abrange produtos usados ou manufaturados e só beneficia equipamentos sem correspondente nacional. A redução do Imposto de Importação tem validade até 30 de junho de 2013, para quatro itens de bens de informática e telecomunicação. Os investimentos globais vinculados aos novos ex-tarifários chegam a US$ 4,5 bilhões.

Entre os produtos beneficiados estão módulos com mostrador de cristal líquido usado em celulares com tela de até cinco polegadas e aparelhos instalados em veículos que diagnosticam o funcionamento de componentes como airbag, alarme, freio ABS, rádio e GPS. Leitores de USB e de dados ópticos instalados nos automóveis também tiveram o imposto reduzido.

Deixe seu comentário