TIM e Nokia lançam primeiro piloto 5G voltado para o agronegócio

0
27

A TIM Brasil em parceria com a Nokia e a Associação Matogrossense dos Produtores de Algodão, acaba de lançar o primeiro piloto 5G Standalone (SA) para o Agronegócio do País durante evento Visita à Agricultura 4.0, que acaba de acontecer, no Centro de Treinamento e Difusão Tecnológica – AMPA/IMAmt. A Nokia desta vez lidera a iniciativa de Agricultura 4.0 com a TIM, que está em seu segundo projeto, da série de 20 que o Ministério das Comunicações (MCOM) apresentará até o final do ano usando o 5G em diferentes áreas.

A proposta foi demonstrar o uso de 5G Standalone, ou 5G puro, para o aumento da produtividade e inovação no Agronegócio, que já possui mais de ¼ de participação no PIB do País, e que também apoiará a inclusão digital no campo. Participaram também as empresas membro do ConectarAGRO, associação pioneira na divulgação de tecnologias abertas em todas as áreas rurais do país. O evento conta com a presença do Ministro das Comunicações, Fabio Faria, e da Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, entre outras autoridades.

No evento, foram demonstradas soluções 5G, com altíssimas velocidades e baixa latência (tempo resposta) aplicadas ao campo e de que forma a tecnologia pode habilitar aplicações que estimulam a comunicação entre as pessoas e agilizam a gestão de equipamentos, afetando, positivamente, a qualidade e a produção agrícola no estado. Entre as demonstrações, estavam disponíveis transmissões em tempo real de vídeos feitos em 4K e produzidos com drones. As imagens captadas e acompanhadas remotamente podem ajudar na inspeção do plantio. O 5G SA será essencial também para habilitar soluções aplicadas à colheita e ao manejo agrícolas, relacionadas tanto à gestão de equipamentos, quanto à comunicação entre colaboradores.

Para o Ministro das Comunicações, Fábio Faria, "o 4G revolucionou a vida das pessoas e o 5G vai revolucionar as indústrias. Para o agronegócio, que é quem está fazendo o nosso Brasil crescer, mesmo nessa crise, junto às telecomunicações, será um avanço gigantesco. O 5G vai fazer que o nosso agro vai crescer 20% a mais, em média, e esse leilão está muito próximo de acontecer".

O ConectarAGRO, formado pela AGCO, Climate FieldView, CNH Industrial, Jacto, Nokia, Solinftec, TIM e Trimble, já promoveu, desde seu lançamento em 2019, conectividade via banda larga 4G de 700 MHz para mais de 6 milhões de hectares de áreas rurais em todo o Brasil, sendo que mais da metade das propriedades tem até 100 ha. Até o momento, mais de 25 mil quilômetros de estradas e rodovias foram cobertos e acima de 600 mil pessoas em áreas rurais beneficiadas.

Deixe seu comentário