Boom de aplicativos móveis pode estar chegando ao fim nos Estados Unidos

0
0

O crescimento de downloads de aplicativos nos Estados Unidos pode ter atingido o pico, ao mesmo tempo em que no número de novos usuários de apps começa desacelerar, de acordo com dados da empresa de aplicativos de marketing SensorTower & Nomura compilados pela BI Intelligence, serviço de pesquisa do site de notícias Business Insider.

O levantamento mostra que o volume de downloads de aplicativos, com base nos 15 melhores editores de apps, tanto em dispositivos com o sistema operacional iOS, da Apple, quanto com o Android, do Google, caiu 20%, em média (veja gráfico abaixo), considerando os últimos 12 meses encerrados em maio deste ano.

Na verdade, a SensorTower & Nomura diz que o volume global de downloads de apps dos 15 melhores editores de aplicativos continua a subir ligeiramente, mas a um ritmo mais lento do que no ano passado. Em maio, a taxa média de download global cresceu apenas 3% na comparação anual.

O relatório indica que desaceleração no crescimento está ocorrendo porque as maiores aplicações atingiram a saturação, embora as taxas de engajamento permaneçam estáveis. O Facebook, que tem 1,6 bilhão de usuários ativos mensais, vem enfrentando cada vez mais dificuldades para atrair novos usuários. Apesar disso, a rede social conseguiu 36 milhões de downloads em maio passado, ainda que represente uma queda de 15% em relação ao mesmo período de 2015.

Tabela Apps

Mas há algumas exceções notáveis a nessa tendência: o Uber e o Snapchat, que tiveram crescimento superior a 100%. O Snapchat, em particular, tem registrado enorme crescimento graças em grande parte à sua base de usuários, formada essencialmente por jovens.

De acordo com a SensorTower & Nomura, existem atualmente mais de 3 milhões de apps disponíveis nas cinco maiores lojas de aplicativos do mundo. Por isso, entregar o produto certo para o público certo, na hora certa, é imprescindível para o sucesso de qualquer aplicativo. Não é a toa que um número cada vez maior de desenvolvedores vêm recorrendo ao Google Play e à Apple Store para exibir anúncios de aplicativos para os usuários. Uma pesquisa recente com desenvolvedores de aplicativos móveis comprova isso ao apontar que mais de 80% deles planeja aumentar seus gastos com anúncios de apps.

O analista sênior de pesquisa da BI Intelligence, Will McKitterick, elaborou um relatório detalhado sobre anúncios em celulares no qual afirma que esses anúncios direcionam os usuários a baixar um aplicativo móvel, por isso são uma ferramenta essencial para os desenvolvedores.

O estudo prevê ainda que a combinação de novos desenvolvedores e o aumento dos orçamentos para publicidade móvel elevarão os gastos com anúncios para instalação de aplicativos nos EUA para mais de US$ 7 bilhões até o fim de 2020.

Deixe seu comentário