Publicidade
Início Inovação Marketing Digital Facebook testa reprodução automática de vídeo no feed de notícias do celular

Facebook testa reprodução automática de vídeo no feed de notícias do celular

0
Publicidade

O Facebook anunciou na quinta-feira,12, que começou a testar junto a um pequeno grupo de usuários norte-americanos o recurso de reprodução automática de vídeos (autoplay) no feed de notícias para dispositivos móveis.

Com a novidade, vídeos visualizados pelo usuário enquanto navegam pelo feed de notícias em seus celulares serão reproduzidos automaticamente, sem som. Para acionar o áudio, basta que o usuário clique sobre o vídeo (confira como funciona no vídeo abaixo.)

Em nota na página de notícias do Facebook, a gerente de produto Kelly Mayes explica que, inicialmente, o novo recurso será limitado a vídeos postados por pessoas, músicos e bandas.

“Estamos fazendo isso para ter certeza de que criamos a melhor experiência possível. Com o tempo, vamos continuar a explorar uma forma de levar isso para os comerciantes no futuro”, diz a executiva.

Alguns analistas veem a experiência como uma preparação de terreno do Facebook para futura oferta de publicidade em vídeo com autoplay, um negócio que estava previsto para ser implementado em outubro próximo, mas que foi adiado sem definição de nova data, segundo o Ad Age.

Em notícia de julho deste ano, o site de informações financeiras Bloomberg menciona fontes anônimas familiarizadas com o tema para afirmar que o Facebook planeja ofertar a anunciantes, ainda este ano, spots de 15 segundos diretamente no feed de notícias dos seus usuários.

O espaço para publicidade seria vendido para um dia inteiro e os usuários do site de relacionamento não veriam o spot mais de três vezes por dia. Dependendo do tamanho da audiência desejada pelo anunciante, os preços dos anúncios em vídeo poderão variar de US$ 1 milhão a US$ 2,5 milhões por dia, segundo as fontes da Bloomberg.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=EcpnbxGJrIE&w=468]

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile