Disque Denúncia-RJ usará análise de dados durante a Copa do Mundo

0
0

A realização da Copa do Mundo no Brasil, entre os dias 12 de junho e 12 de julho deste ano, vai exigir do Disque Denúncia do Rio de Janeiro um esquema especial de trabalho. A organização não governamental gerenciada pelo Instituto Brasileiro de Combate ao Crime (IBCC) é hoje o principal canal de comunicação entre a polícia e a população da cidade do Rio de Janeiro.

Além da grande final do torneio, no dia 12 de julho, o estádio do Maracanã vai receber quatro jogos da primeira fase, nos dias 15, 18, 22 e 25 de junho. Nesse período, o Disque Denúncia-RJ vai trabalhar em esquema especial. A coordenadora da organização, Adriana Nunes, lembra que, em circunstâncias especiais como o campeonato mundial de futebol, "são montados esquemas especiais de atendimento e monitoramento de informações, seguindo as orientações dos mecanismos de segurança pública".

Para a Copa, a coordenadora afirma que o Disque Denúncia que a instituição utilizará o software Tableau, da empresa de mesmo nome, para melhor analisar e entender os dados sobre crimes, garantindo mais agilidade nas ações.

"O Tableau é uma excelente ferramenta para o desenvolvimento de relatórios de análise de risco. Na Copa do Mundo utilizaremos o software para traçar diagnósticos por regiões previamente definidas, conforme as orientações da Secretaria de Segurança. O sistema poderá oferecer em tempo real informações relativas a possíveis ocorrências durante o evento."

Análises mais rápidas

O Disque Denúncia-RJ é usuário das soluções da Tableau Software desde junho de 2012. A organização implantou o Tableau Server e Tableau Desktop para dar velocidade e abrangência a análise de informações.

Com um volume diário de 450 denúncias, o que gera um total de 13,5 mil contatos telefônicos por mês, o Disque Denúncia passou a utilizar o Tableau no dia seguinte do término de sua implantação, feita pela Path. "Na primeira análise com o software, o que antes era realizado em uma semana, foi feito em apenas 30 minutos. Esta característica tem nos proporcionado diagnósticos mais dinâmicos para o envio das informações aos órgãos interessados", afirma Adriana.

Com menos de um mês de uso, o Disque Denúncia já fazia uso da solução para traçar diagnósticos na orientação de políticas públicas, demanda que foi permitida em função da flexibilidade oferecida pelo software, além de fornecer aos comandantes da polícia do Rio de Janeiro informações sobre os índices de criminalidade em relação a cada região, tudo mapeado por ruas utilizando o Tableau conectado com Google Maps.

"Entre os principais diferenciais do software podemos destacar a rapidez e a facilidade de uso da solução dentro da nossa operação, o que proporcionou atender a um volume de dados cada vez maior sem necessitar de muitas pessoas para realizar as análises. O manuseio do sistema é simples e ao mesmo tempo completo, o que proporciona agilidade na tomada de decisão" enfatiza Adriana.

Benefícios

Para realizar as análises, a solução está diretamente conectada a um banco de dados SQL que reúne quase dois milhões de denúncias. Em cada uma delas, há de quatro a sete dados. Tudo isso é cruzado para a elaboração de análises e relatórios demandados pelos analistas da organização.

Além da agilidade — um relatório antes feito em 15 dias é concluído hoje em 2 horas — a adoção da solução trouxe outros ganhos, como a redução da dependência da área de TI. "Nossos analistas não precisam ser especialistas em tecnologia, só ter massa inteligente para fazer a análise das denúncias. E não precisam formação específica para manusear a ferramenta. O interessante quando falamos dessa velocidade é que existe um tempo entre o crime e a solução e nós estamos nesse intervalo", explica Adriana.

Por isso, para a coordenadora, quanto mais assertivas e rápidas forem as análises, mais rapidamente os casos serão solucionados. Ela dá outro exemplo, lembrando que, anualmente, o Disque Denúncia-RJ produzia em torno de uns dez dossiês (ou por pessoa, ou por assunto ou por local). "Hoje nossos três analistas conseguem produzir quase 30 dossiês por ano. O Tableau facilitou muito o nosso trabalho de análise", afirma.

Deixe seu comentário