BRF implanta plano de disaster recovery em nova fase de estratégia de nuvem híbrida

0
85

Agora, com a flexibilidade de um ambiente de nuvem customizado para suas necessidades, a companhia pode permanecer ágil e responder às demandas sazonais de distribuição de alimentos para os clientes em mais de 117 países em todo o mundo. Além do trabalho conjunto das empresas, a BRF concluiu recentemente seu plano de recuperação de desastres usando os recursos do IBM Power Virtual Servers, com suporte de altos níveis de segurança e resiliência para permitir a continuidade de seus negócios. 

"Nosso compromisso com uma solução de recuperação de desastres conectada à IBM Cloud nos permite continuar implementando os projetos de transformação digital mais inovadores do setor, apoiados na infraestrutura e serviços de IBM Cloud, que oferece altos níveis de resiliência e segurança de dados", diz Alexandre Biazin, Gerente Executivo de TI da BRF.  

Digitalização para suportar demanda e crescimento 

O investimento da BRF é uma forma de lidar com a demanda de produtos alimentícios. A adoção de uma solução de recuperação de desastres com IBM Power Virtual Servers, localizados na Multizone Region de IBM Cloud no Brasil, dá suporte à estratégia de longo prazo de migração de nuvem da BRF. Além disso, com a solução, a empresa pode estender suas cargas de trabalho e pagar por uso. Isso permite que a BRF sustente o crescimento de sua base instalada e realize atualizações de tecnologia para atender às necessidades do negócio, ao mesmo tempo em que administra os custos. 

A empresa investiu fortemente em sua digitalização e iniciou sua jornada para a nuvem em 2015, quando contou com a IBM para realizar a integração de sistemas de empresas que havia adquirido na Europa e no Oriente Médio. No ano seguinte, foi realizada a migração das primeiras cargas de trabalho do Brasil e, desde 2016, a empresa tem trabalhado com a IBM para migrar cargas de trabalho para IBM Cloud, permitindo a integração de seus sistemas de missão crítica para suportar a expansão dos negócios internacionalmente.

Deixe seu comentário