Marca NK da Syngenta lança aplicativo gratuito para produtores e distribuidores

0
64

Seguindo a premissa de entregar rentabilidade com genética e tecnologia aos produtores brasileiros, a marca NK da Syngenta disponibiliza um novo aplicativo ao mercado. Disponível a partir desta semana para toda a cadeia, incluindo produtores e canais de distribuição, seu objetivo é indicar ao agricultor a melhor variedade de soja ou híbrido de milho de acordo com sua necessidade, de forma ágil e simples.

A partir da seleção das características de campo do usuário, como região, data estimada de plantio e potencial produtivo da área, o aplicativo recomenda as sementes mais adaptadas para cada situação, trazendo o correto posicionamento, e demais informações técnicas. "A ferramenta também dispõe de funcionalidades para a comunicação direta com o produtor, com links para conteúdos e vídeos explicativos. Com o aplicativo, o produtor tem na palma de sua mão a rentabilidade com genética e tecnologia de NK", explica Tatiana Cunha, gerente de Branding da marca NK.

O propósito é que a ferramenta agregue mais produtividade, com economia de recursos e manejo correto das tecnologias. De maneira simplificada e amigável, o usuário se conecta a uma estrutura digital complexa, constituída por uma extensa rede de dados colhidos em experiências reais de campo. "Diante de um ambiente de grandes transformações, onde os avanços digitais fazem parte da realidade, a marca de sementes NK torna-se mais digital e conectada. O aplicativo NK, cuja versão mobile pode ser baixada gratuitamente, se conecta ao compromisso de aumentar a sustentabilidade agrícola, protegendo o potencial produtivo da lavoura e utilizando as tecnologias de forma correta. O que também contribui para a coexistência entre agricultura e meio ambiente, de forma alinhada aos preceitos do Plano de Agricultura Sustentável da Syngenta", ressalta Erico Destro, Gerente de Produtos Digitais para Sementes da Syngenta para a América Latina.

O aplicativo NK é a primeira tecnologia desenvolvida pela Syngenta Digital ao negócio de sementes da empresa na América Latina. Segundo Destro, o Brasil é o primeiro mercado mundial da Syngenta a ofertar a ferramenta ao campo. "Mais uma vez, o País é o pioneiro nas iniciativas digitais da Syngenta. Além da importância mundial do mercado agro nacional, o produtor brasileiro sempre se mostrou aberto a experimentar novas tecnologias que impulsionam a sustentabilidade financeira e ambiental", sublinha.

Em 16 de junho, o Brasil implementou de forma pioneira a Syngenta Digital, nova estrutura global de negócios da empresa, que agrega modernas tecnologias e serviços para a gestão de lavouras. Sua plataforma de produtos, denominada de Cropwise, amplia o acesso por parte de pequenos e médios produtores às mais inteligentes e modernas ferramentas de gestão e monitoramento do plantio, que já são utilizadas por mais de 2.500 produtores brasileiros, presentes em 4,5 milhões de hectares.

Relançamento da marca NK

A marca NK foi relançada em janeiro de 2020, após uma pesquisa realizada junto a cerca de 400 agricultores de todo o país, que mostrou um alto percentual de lembrança da marca e intenção de compra com o relançamento, mesmo após 10 anos fora do mercado, porque sempre esteve atrelada à inovação, alto desempenho e sustentabilidade no campo. Em poucos meses, vieram os resultados positivos. Segundo a Análise BIP (Business Intelligence Panel) da Spark, a marca NK apresentou o maior ganho de market share em milho safrinha, se destacando entre as 3 marcas mais vendidas no Brasil.

O relançamento integra o investimento de mais de US$ 80 milhões nos negócios de sementes da Syngenta Brasil, até 2021. Entre outros projetos, os recursos serão utilizados para aperfeiçoar e expandir a rede de produção e suprimentos, assim como para garantir aporte constante em pesquisa e desenvolvimento. A retomada da marca NK também fortalece a estratégia da Syngenta de se tornar a melhor empresa de sementes da América Latina até 2028.

Deixe seu comentário