Depois de entrar na briga pelo Yahoo, Warren Buffett compra US$ 1 bi em ações da Apple

0
7

Dois dias depois de anunciar a entrada na disputa pelos ativos de internet do Yahoo, por meio do apoio a um grupo de investidores, a Berkshire Hathaway, holding do grupo do bilionário Warren Buffett,  assumiu uma nova posição com a compra de US$ 1,07 bilhão em ações da Apple no primeiro trimestre, o equivalente a 9,81 milhões de ações, mesmo com a queda de cerca de 14% dos papéis da gigante da tecnologia até o fim da semana passada, uma das maiores quedas desde 2003 e um dos piores desempenhos do índice Dow Jones neste ano.

A informação foi divulgada nesta segunda-feira, 16, por meio de um relatório arquivado na SEC, órgão regulador do mercado de capitais nos Estados Unidos.

Buffett, que há anos vinha evitando ações de tecnologia, direcionando seus investimentos para companhias seguradoras, instituições financeiras e indústrias, tais como Coca-Cola e American Express, disse em um e-mail que o investimento na Apple foi feito por um dos gestores de investimentos da Berkshire. O bilionário disse que grandes inversões em ações, de mais de US$ 1 bilhão, normalmente são feitas por ele, enquanto compras menores pelos gestores da holding.

O primeiro grande investimento da Berkshire na indústria de tecnologia foi em 2011, quando assumiu uma posição avaliada em mais de US$ 10 bilhões na IBM, participação que aumentou ligeiramente no primeiro trimestre.

Para analistas ouvidos pelo The Wall Street Journal, a Berkshire provavelmente viu uma oportunidade na compra das ações da Apple, apesar de terem sofrido uma grande desvolorização, principalmente após a divulgação dos resultados financeiros do primeiro trimestre deste ano com queda de 22,5% no lucro e de cerca de 13% na receita, que desapontaram os investidores e levantaram dúvidas sobre a demanda por iPhones, principal produto da marca. Somente no dia em que divulgou o balanço, as ações da Apple caíram mais de 8% e a companhia perdeu temporariamente o status de empresa mais valiosa do mundo para a Alphabet, dona do Google.

As ações da Apple, que eram negociadas acima de US$ 130 em julho do ano passado, terminaram o primeiro trimestre cotadas a US$ 108,99. O anúncio do investimento da Berkshire fez com que as ações da empresa fechassem em alta de 3,71% na , para US$ 93,88, nesta segunda-feira na Nasdaq. O valor de mercado da empresa é cerca de US $ 510 bilhões, segundo a FactSet.

Deixe seu comentário