Procon-SP: WhatsApp, OLX, Zap e MercadoLivre terão que apresentar planos para garantir segurança de consumidores

0
0

Considerando as notícias sobre atuação de golpistas que monitoram os sites de venda e entram em contato com um vendedor que possa vir a ser alvo em potencial, enviando mensagem por SMS para roubar sua conta e usar em outro aparelho, o @proconsp, vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania, notificou as empresas WhatsApp Inc., OLX Atividades de Internet Ltda., Zap S/A Internet e MercadoLivre Atividades de Internet Ltda. para que informem quais providências têm adotado para garantir a segurança dos consumidores/usuários.

Foi solicitado também que esclareçam como o consumidor tem sido alertado sobre o golpe e se existe uma campanha de esclarecimento sobre os serviços ofertados, bem como quanto às condições de utilização.

Como é o golpe

Segundo informações contidas na notícia, os golpistas monitoram sites de venda e entram em contato com um vendedor que possa vir a ser um alvo em potencial, enviando uma mensagem como se fosse uma comunicação do site de vendas. Alegam que será enviada uma mensagem SMS com um código que deverá ser digitado pelo WhatsApp como forma de confirmação do processo e "regularização" de seu anúncio na plataforma. O código na verdade é um PIN de autenticação do Whats que, de posse do golpista, possibilita que sua conta seja clonada.

As notificações foram enviadas nesta quarta-feira, 19, e, as empresas têm 72 horas para responderem ao Procon-SP.

Deixe seu comentário