Monitoramento de condição: saiba como esse recurso pode impulsionar a transformação digital

0
36

A jornada de transformação digital rumo à IndustryNxT começa com o investimento em infraestrutura e conectividade – e ganha impulso com soluções que ofereçam maior capacidade de integração e processamento dos dados enviados pelos sensores embarcados nos equipamentos ao longo de toda a cadeia produtiva que permitam, assim, implantar uma eficiente estratégia de monitoramento de condição de ativos.

Na verdade, a estratégia de monitoramento de condição baseada em dados enviados pelos sensores e soluções de IoT (Internet of Things – Internet das Coisas) é um perfeito ponto de partida para a transformação digital, já que é um processo iterativo e seu valor pode ser percebido de forma imediata.

Temos acompanhado a jornada digital de diversos clientes e nossa experiência aponta que com uma correta abordagem de implementação, a adoção de soluções de IoT e de monitoramento de condição abre caminho para novas iniciativas, promovendo melhorias em todos os processos, que vão desde a redução dos custos de manutenção, o aumento do ciclo de vida dos equipamentos e, finalmente, a entrega de melhores produtos em um prazo mais curto.

O monitoramento de condição de ativos gera valor principalmente de três maneiras: entrega uma visão em tempo real da disponibilidade e condição das máquinas e equipamentos, facilita a adoção de estratégias de manutenção preditiva e permite tomar decisões baseadas em dados que resultam em mais qualidade. Com os dados adquiridos a partir das soluções de IoT integradas e analisadas em uma plataforma de gestão de ativos, é possível avaliar se todos os equipamentos estão funcionando de forma eficiente, prevenindo falhas e paradas que poderiam ocorrer no processo.

O controle de qualidade dos produtos também ganha com um monitoramento de condição moderno, pois permite que estratégias de manutenção preditiva impulsionem o uso de soluções de monitoramento de condição com essas funcionalidades. Logo, além de reduzir custos com a manutenção de equipamentos e aumentar o ciclo de vida dos ativos, um monitoramento de condição impulsionando a transformação digital oferece dados mais precisos para otimizar a qualidade da produção.

Para isso, as empresas devem ter uma percepção clara de como as novas tecnologias podem alavancar os resultados dos negócios, integrando inovação, flexibilidade, automação, controle, customização e agilidade aos processos produtivos. Assim, é possível capturar todas as vantagens oferecidas pelas inovações tecnológicas para a melhoria dos processos produtivos e operacionais, gerando novos modelos de negócio e o surgimento de novos produtos.

Nesse novo cenário, as atividades humanas e os processos industriais, como o monitoramento de condição de ativos, são aprimorados, criados e recriados com base em um crescente volume de dados gerados pelas soluções de IoT. Com a transformação digital, esses dados, compartilhados por pessoas, sensores e máquinas, passam a ser um novo fator de produção, ao lado dos bens materiais e do capital humano. A jornada está apenas começando, e devemos estar alinhados a essa nova forma de produção baseada em dados.

Luciano Rodrigues Costa, product manager da Atech.

Deixe seu comentário