Plataforma edge da Siemens promete simplificar coleta e análise de dados no chão de fábrica

0
22

A Siemens expande sua oferta de soluções industriais de IoT com o lançamento do Industrial Edge Management, uma infraestrutura central e escalável para gerenciar dispositivos e aplicativos Edge conectados. Com o novo sistema, os usuários podem instalar remotamente aplicativos e funções de software em dispositivos Edge distribuídos, além de monitorar o status de cada ferramenta conectada. Em combinação com hardware e software existentes, a plataforma aberta Industrial Edge oferece aos usuários uma solução perfeita e "ready to use" para processamento de dados no nível da produção, com gerenciamento do ciclo de vida de aplicativos e dispositivos.

Com o novo sistema Industrial Edge Management, as soluções Edge distribuídas e seus status podem ser monitorados, diagnosticados e gerenciados por administradores de TI e equipes de Engenharia e Manutenção. Isso significa que novos aplicativos de software podem ser implementados em toda a empresa e com segurança em todos os dispositivos Industrial Edge conectados.

A gestão de software central minimiza ou até mesmo elimina completamente o esforço envolvido na manutenção e atualizações para instâncias de software distribuídas. O software existente, já em linguagem padrão de TI (Docker) pode ser aplicado ao Industrial Edge. Além disso, os usuários sempre podem desenvolver seus próprios aplicativos Edge para atender aos requisitos específicos de cada empresa. Atualizações funcionais e relacionadas à segurança são fornecidas pela Siemens por meio do sistema Edge Management. Essas atualizações podem então ser agendadas para implantação em dispositivos Edge conectados para atender aos requisitos de segurança de uma solução industrial de IoT, por exemplo.

Com essa nova plataforma de gestão "ready to use", os administradores de TI podem implementar aplicativos de Edge altamente automatizados e confiáveis na produção, e gerenciá-los durante todo o ciclo de vida dos ativos. Além disso, a liberdade de efeitos retroativos entre os sistemas de automação e de Edge ajuda a garantir a alta disponibilidade do sistema de automação. O sistema Edge Management pode ser operado dentro da infraestrutura da empresa, por exemplo na produção, e é especificamente adaptado aos requisitos dos usuários que valorizam a segurança dos dados. Futuramente, também será possível operar o sistema de gestão em infraestruturas em nuvem.

Com a oferta Siemens Industrial Edge, a companhia está simplificando a coleta e análise de dados de máquinas e trazendo padrões de TI, com aplicativos baseados Docker, para análise e processamento de dados – integrados em sistemas de automação.

Deixe seu comentário