LG planeja vender fábricas de smartphones

0
17

A LG Electronics está finalizando acordo para vender todas as fábricas de smartphones no Vietnã, China e Brasil para empresa vietnamita Vingroup, devido aos déficits crescentes ne linhas de produtos nos últimos anos, de acordo com o jornal The Korea Times, um dos maiores conglomerados do Vietnã, o Vingroup está buscando se expandir para o setor de alta tecnologia por meio da aquisição das instalações de produção de última geração da LG.

"O governo vietnamita e o Vingroup têm buscado expandir-se para as indústrias de alta tecnologia e impulsionar a criação de empregos locais. Também a demanda premium na região, incluindo Vietnã, Mianmar e Tailândia, é alta", disse um alto funcionário do setor ao jornal The Korea Times. "Eles estão apenas buscando comprar as instalações de manufatura, enquanto a LG planeja continuar em P&D, mas com uma equipe reduzida que ficará estacionada aqui em sua sede na Coréia. O Vingroup apresentou a melhor oferta entre outros compradores em potencial."

Na quarta-feira, o CEO da LG Electronics, Kwon Bong-seok, deu a entender que o grupo abandonaria a fabricação de telefones celulares, dizendo que a empresa estava aberta a todas as opções sobre continuar administrando seu negócio de smartphones, que custa muito dinheiro ou não.

O Facebook foi uma das empresas interessadas em absorver as patentes relacionadas a dispositivos móveis da LG e outras propriedades intelectuais que não a tecnologia de hardware, segundo o jornal.

A LG Electronics atualmente opera uma fábrica de smartphones avançados no Vietnã, que o governo vietnamita e o Vingroup pretendem utilizar para aumentar sua competitividade global em smartphones, criando mais empregos locais, enquanto as fábricas do Brasil e da China serão usadas para entrar nos mercados regionais. Em 2019, a LG integrou sua planta de produção de Pyeongtaek com a planta de Haiphong Vietnam, realocando suas principais instalações de fabricação de smartphones para lá.

O Vingroup lançou sua unidade de smartphones Vinsmart em 2018 e opera uma fábrica na Zona Industrial de Haiphong, perto da fábrica de smartphones LG, com a qual o conglomerado vietnamita espera criar sinergia. Os dois grupos já contam com uma joint venture para fabricação de baterias.

"Temos todas as possibilidades abertas e estamos analisando todas as opções de negócios", disse um funcionário da LG Electronics ao The Korea Times. Assim que as duas partes chegarem a um acordo, a LG Electronics provavelmente seguirá um caminho semelhante ao da Apple, no qual a LG será responsável pelo design e P&D enquanto o Vingroup monta os produtos como uma empresa de fabricação de equipamento original (OEM).

Deixe seu comentário