Bradesco disponibiliza nova versão do aplicativo Net Empresa

0
11

O Bradesco anunciou nesta segunda-feira, 21, uma nova versão do aplicativo Bradesco Net Empresa, totalmente reformulada e com novas funcionalidades para que as empresas clientes do banco façam a gestão de caixa.

Uma das novidades da nova versão é a inclusão do serviço de depósito de cheques utilizando a câmera do smartphone. Essa solução modifica o modelo de negócio dos processos de captura, armazenamento e depósito do cheque. Ao utilizar esse serviço, o cliente não precisa mais fazer o depósito fisicamente numa Agência ou em um ATM. É simples, rápido, seguro e conveniente. Além disso, os clientes podem realizar transações financeiras como pagamentos, transferências, empréstimo e depósito de cheque, entre outras.

Com sua primeira versão lançada há quatro anos, o app traz novo layout e recursos de usabilidade aprimorados, e segue o conceito de navegação timeline com o menu vertical e apresentação no formato de ícones e listas. "Todo o projeto foi conduzido a partir de feedbacks de clientes. Priorizamos a implantação e desenvolvimento de funcionalidades que melhor atendessem as necessidades deles. O app foi construído o principal objetivo de entregar a melhor experiência", conta Maurício Minas, vice-presidente do Bradesco.

Atualmente, cerca de 30 mil empresas utilizam o Bradesco NetEmpresa (internet banking para Pessoa Jurídica). Segundo o banco, esse número, no entanto, tende a aumentar, umas vez que o Bradesco está disponibilizando transações que antes não eram possíveis. Até o lançamento do novo app, as transações disponíveis eram consulta de saldo, autorizações de pendentes, escolha/troca de empresa e detalhe da aprovação de pendentes. A média mensal é de 760 mil transações.

Além disso, as empresas que tiverem um único Máster cadastrado no contrato e sem nenhum outro usuário aprovador, poderão realizar depósito de cheques pagamentos de boleto de cobrança, conta de consumo e tributos com o leitor de código de barras, transferências entre contas Bradesco,  DOC/TED, antecipação de recebíveis — cartões e cheques — e  capital de giro flex, entre outras transações.

Deixe seu comentário