Samsung anuncia que vai parar de vender notebooks na Europa

0
0

A Samsung Electronics anunciou nesta quarta-feira, 24, que vai parar de vender computadores portáteis na Europa, sob a alegação que necessita "se adaptar rapidamente às necessidades e exigências do mercado". A decisão inclui os Chromebooks, notebooks com o sistema operacional Chrome OS, do Google, que a fabricante coreana também comercializa em outras partes do mundo. "Este notebook é específico para a região, e não necessariamente reflexo de condições de mercado em outros países", disse a empresa em um comunicado.

A suspensão das vendas na Europa significa que a Samsung não terá mais qualquer oferta de computadores pessoais lá, já que não comercializa computadores de mesa (desktops) na região. Entretanto, analistas ouvidos pelo The Wall Street Journal avaliam que a mudança não deve ter um impacto significativo nos resultados da Samsung, já que seu negócio de telefonia móvel tem respondido por uma fatia muito maior para a empresa.

No geral, as vendas de PCs tradicionais e notebooks da Samsung têm oscilado muito nos últimos anos com o advento dos dispositivos móveis, como tablets e smartphones.

Em relação à manutenção da venda de notebooks em outras regiões, a Samsung disse que vai continuar avaliando cuidadosamente as condições dos mercados e realizar mais ajustes para manter a competitividade nas categorias de "PCs emergentes".

Procurada pelo jornal americano, a empresa se recusou a comentar sobre o número de laptops vendidos na Europa ou em nível global.

Deixe seu comentário