Google é acusado de dificultar acesso de concorrentes ao Android e pode ser investigado nos EUA

0
0

A Comissão Federal de Comércio (FTC) dos Estados Unidos firmou acordo com o Departamento de Justiça (DoJ) para realizar uma investigação contra o Google por supostamente dificultar o acesso de empresas concorrentes ao sistema operacional móvel Android, reportou a Bloomberg nesta sexta-feira, 25, mencionando duas pessoas familiarizadas com o assunto.

Funcionários da FTC se reuniram com representantes da empresa de tecnologia que afirma que o Google dá prioridade aos seus próprios serviços na plataforma Android, enquanto restringe outros. Ou seja, segundo ela, o site de buscas exige que fabricantes de aparelhos com Android definam aplicativos do próprio Google como padrão, em vez de programas concorrentes.

O inquérito está em fase inicial, mas pode terminar com um processo contra a empresa. Ele mostra que a FTC está novamente voltando sua atenção para o Google, dois anos depois de ter concluído uma investigação sobre a ferramenta de buscas do Google. Em um relatório de 160 páginas, a Comissão de Comércio afirma que o algoritmo do Google prioriza conteúdo próprio da empresa nos resultados de busca dos usuários em detrimentos de serviços de empresas concorrentes. Mas algumas empresas de tecnologia estão céticas quanto à possibilidade da FTC trazer à baila um novo caso, sem a conclusão do atual.

A União Europeia também iniciou uma investigação sobre a plataforma Android devido a queixas de concorrentes, incluindo um grupo que representa a Microsoft, Expedia e Nokia Oyj. Denominada FairSearch.org, a organização não governamental comemorou a notícia sobre a investigação da FTC. "O Google tem usado uma série de táticas anticompetitivas, mantendo um padrão preocupante de conduta que tornou mais difícil e caro para empresas inovadoras entrarem no mercado", disse a ONG em um comunicado.

O Android, do Google foi responsável por 59% do mercado de smartphones nos EUA no segundo trimestre deste ano, enquanto o iOS da Apple ficou com 38% de participação, de acordo com a IDC. O Sistema operacional Windows Phone da Microsoft ficou em terceiro lugar, com 2,35% de market share.

Deixe seu comentário