Argentina aprova lei para aumentar orçamento de ciência e tecnologia

1
60

O Senado argentino estabeleceu que o setor de ciência e tecnologia, que atualmente conta com um orçamento equivalente a 0,28% do PIB, receberá 1% do produto interno bruto (PIB) até 2032.

Elaborado pelo atual ministro do Interior Wado De Pedro há quatro anos, o projeto de lei nunca foi discutido no Senado durante o governo de Mauricio Macri (2015-2019).

A nova lei pretende desenvolver recursos humanos qualificados para trabalhar em áreas prioritárias, como saúde, agricultura, industrialização, conservação ambiental e novas tecnologias.

1 COMENTÁRIO

Deixe seu comentário