Publicidade

    Anymarket integra computação cognitiva IBM-Watson no marktplace

    0
    Publicidade

    O Anymarket, um marketplace hub criado e desenvolvido pela DB1 Global Software para atender ao universo e-commerce, anuncia que é o primeiro hub do mercado a integrar a tecnologia de computação cognitiva da IBM, o Watson. Trata-se de módulo de inteligência cognitiva de comunicação para automatizar o sistema de perguntas e respostas, proporcionando benefício para consumidores, lojistas e marketplaces.

    Os chatbots atuais respondem somente perguntas feitas de maneira exata e literal. Já o novo recurso permite respostas para uma gama maior de perguntas. Por exemplo: para saber se um relógio é legítimo nos sistemas atuais, se a pergunta não incluir a palavra “legitimo”, não terá resposta.

    A partir da integração com o IBM Watson, o Anymarket, “compreende” e “traduz” a pergunta do consumidor mesmo se elas forem feitas com palavras diferentes e significados semelhantes, como “verdadeiro” ou “original”, permitindo diminuir em 90% a necessidade de intervenção humana nas transações dos e-commerces com os lojistas nos marketplaces.

    “A integração do Anymarket com o Watson, da IBM, representa a primeira etapa de um programa de ampliação do uso da inteligência cognitiva nos sistemas da DB1. O plano é ampliar o uso desta tecnologia a outras ferramentas, não se limitando ao universo do e-commmerce. Queremos proporcionar ganho de desempenho, redução de gastos com tempo e custos e, consequentemente, ajudar na produtividade dos negócios de nossos clientes”, afirma Ilson Rezende, presidente da DB1 Global Software e CEO da empresa.

    O Anymarket é um marketplace hub, criado e desenvolvido pela DB1 para atender ao universo e-commerce. O produto atende empresas que precisam de uma operação simples, ágil e centralizada para lidar com diversos marketplaces. É uma solução que conecta as empresas aos maiores marketplaces como Mercado Livre, Netshoes, Dafiti, Cnova, Walmart, B2W, Magazine Luiza, Carrefour, entre outros.

    SEM COMENTÁRIOS

    Deixe seu comentário

    Sair da versão mobile