Usando IA, Banco IBM reduz atrasos na área de backoffice

0
0

A IBM Global Financing (IGF), braço de leasing e financiamentos da IBM, que atua no Brasil por meio do Banco IBM, implementou no último ano uma solução cognitiva que utiliza a plataforma de inteligência artificial (IA) IBM Watson e aprendizado de máquina para obter uma visão holística dos clientes e prever a probabilidade de pagamento de cada um deles.

O processo conta com uma solução desenvolvida internamente pelo laboratório de pesquisa da IBM Brasil, que realiza uma varredura em todo o sistema interno do Banco em busca de dados como contas a receber, faturas, pagamentos, dados cadastrais do cliente, crédito, faturamento, contrato, informações de ativos e portfólio, entre outros. A partir daí a ferramenta é capaz de analisar e fazer o cruzamento das informações para trazer resultados como: previsibilidade de pagamento de faturas; disponibilidade de informações em apenas um sistema – com a maior visibilidade, a equipe consegue visualizar cada número de contrato relacionado com as faturas, tipo de transação e de faturas, etc.;  aumento no número de pagamentos antes do vencimento, resultando em reduções significativas nos saldos de contas a receber; mais tempo para a equipe para relacionamento com os clientes.

Após obter sucesso no Brasil, a tecnologia foi implementada em toda a América Latina e resultou em uma redução de mais de 16% nos recebíveis com atraso de mais de 30 dias.

Segundo Rory McClaskey, gerente de desenvolvimento e criador da solução, os próximos passos são a implementação de uma versão global da ferramenta e sua expansão para outras áreas da companhia. "Pretendemos integrar todos os dados do IGF globalmente, digitalizados e disponibilizados na nuvem. Os dados serão atualizados pelo menos uma vez por dia, dependendo do país, e em um data lake, repositório que centraliza e armazena todos os tipos de dados gerados pela empresa, para a aplicação de uma série de soluções de IA".

Deixe seu comentário