Tecnologia é o setor que mais dá importância à expectativa salarial do profissional 

1
127

A Robert Half, consultoria global de recrutamento especializado, em parceria com o Centro de Liderança da Fundação Dom Cabral, escola de negócios brasileira, lança o estudo "Match Perfeito – o que buscam profissionais e recrutadores". Com o objetivo de identificar os fatores mais relevantes e o que mais chama a atenção dos recrutadores na hora da contratação, e entender se essas preferências conversam, de alguma forma, com as prioridades dos profissionais – empregados e desempregados – ao avaliarem uma proposta de emprego nos diversos segmentos do mercado: agronegócio, construção, indústria, serviços, tecnologia e varejo.

O estudo revelou que os TOP 3 fatores mais relevantes para a contratação de um profissional de tecnologia são: experiência prévia do candidato (83%), aderência à cultura organizacional (50%) e expectativa salarial do profissional e seu enquadramento com as políticas salariais da empresa (38%). Ao analisar a pesquisa por segmentos do mercado, TI é o setor que mais dá importância à expectativa salarial do profissional (38%) e à indicação por pessoas da empresa (35%). Por outro lado, é o que menos valoriza a disponibilidade geográfica do candidato (1%), indicando forte aderência ao modelo de trabalho remoto.

"Desde o início da pandemia em março de 2020, o profissional de TI vem ganhando mais destaque, pois teve que repensar, viabilizar e colocar em prática boa parte do modelo de negócios em um espaço bem curto de tempo, e a tendência é que a demanda continue alta", ressalta Caio Arnaes, diretor de recrutamento da Robert Half.

"A valorização do setor impacta diretamente no aumento das contratações em diversas áreas da tecnologia e na inflação dos salários, visto que o aquecimento do segmento aumenta a disputa pelos melhores talentos, que se não estiverem amparados por estratégias sólidas de atração e retenção dentro das empresas, provavelmente irão atrás de oportunidades mais interessantes no mercado. Essas questões fortalecem a necessidade das empresas repensarem seus pacotes de benefícios e estratégias de remuneração", completa Arnaes.

O "Match Perfeito – o que buscam profissionais e recrutadores" contou com uma pesquisa com 351 profissionais empregados, 349 profissionais desempregados e 714 recrutadores. O período da coleta, de forma online, foi entre 03 e 27 de maio de 2021.

1 COMENTÁRIO

Deixe seu comentário