Proposta inclui software de código aberto na lista de aquisições preferenciais do setor público

0
0

O Projeto de Lei 10970/18 inclui programas de informática de código aberto na lista de preferência nas aquisições, pelo setor público federal, de bens e serviços de informática e automação. O texto insere dispositivo na Lei de Informática (Lei 8.248/91). A proposta está em análise na Câmara dos Deputados

O texto foi apresentado pelo deputado JHC (PSB-AL). "Conhecidos por sua confiabilidade, flexibilidade, liberdade de personalização e baixo custo, os softwares de código aberto estão em constante desenvolvimento e hoje são tão eficientes quanto programas de código fechado, que normalmente dependem de caras licenças e que não possuem a adaptabilidade necessária para se ajustar às constantes mudanças que ocorrem cotidianamente no âmbito da administração pública", disse JHC.

Para ele, a aprovação da proposta não apenas reduzirá os custos com software, mas também aumentará a produtividade ao permitir que um programa seja adaptado para atender a eventuais novas demandas no intercurso de sua utilização.

A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática; de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Com informações da Agência Câmara.

Deixe seu comentário