Grupo Amper participa de projeto europeu para coordenação em áreas de catástrofe

0
2

O grupo Amper, multinacional espanhola integradora de soluções e tecnologia de comunicações, ao qual a integradora de sistemas Medidata faz parte, participará, por meio de sua subsidiária de defesa, do projeto europeu Destriero para coordenação de reconstruções em áreas de catástrofe.

A comissão europeia financiará, pelo seu 7º Programa Marco, o projeto de cooperação com um orçamento de 4,27 milhões de euros. O plano liderado pelo Egeos (Finmeccanica), em parceria com entidades espanholas e europeias, será desenvolvido ao longo dos três próximos anos.

O projeto surgiu após a necessidade detectada em crises humanitárias anteriores, como, por exemplo, o terremoto no Haiti, em 2010. O incidente ficou marcado pela falta de coordenação das diferentes organizações envolvidas, fazendo com que os auxílios enviados fossem menos eficazes.

O Destriero é uma ferramenta de apoio que prioriza as necessidades mais imediatas, após um desastre de grande porte. A plataforma realiza o planejamento das tarefas de reconstrução e de recuperação, inclusive em incidentes nucleares, biológicos e químicos. Além disso, o mecanismo faz a avaliação dos danos sofridos nas infraestruturas das áreas atingidas.

Segundo a empresa, o sistema vai facilitar a troca de informações e o trabalho colaborativo entre seus usuários (ONGs e agências da União Europeia e Organização das Nações Unida), baseado em modelos que garantem a interoperabilidade dos sistemas entre as organizações, o emprego de dispositivos móveis e a captura de dados de observação terrestre, obtidos a partir de imagens via satélite. O processo de tomada de decisão conjunta será facilitado por meio de uma avançada metodologia e do uso de um sistema de suporte à decisão (Decision Support System), que auxiliará na solução de problemas.

Deixe seu comentário