TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Rimini Street amplia investimento no mercado latino-americano

Postado em: 14/08/2017, às 23:34 por Claudiney Santos

O mercado de suporte terceirizado de software corporativo é uma modalidade de negócios desbravada desde 2005 pioneiramente pela Rimini Street, baseada na visão de seu fundador e CEO, Seth Ravin, veterano da indústria de software, que ocupou várias posições na ex-Peoplesoftware.  De lá para cá, a empresa já se instalou em cerca de 15 países, contabilizando cerca de 1300 clientes, inclusive dentre as 500 maiores empresas da lista da Fortune.

Seth Ravin

O executivo esteve em São Paulo na semana passada para anunciar a expansão de suas atividades na América Latina, marcando a nova fase de crescimento da companhia na região, que em maio recebeu investimentos do GP Investments Acquisition, e deve estrear na bolsa norte-americana até o fim do terceiro trimestre.

A empresa acaba de divulgar os resultados do 2º trimestre de US$ 52 milhões, um aumento trimestral de 37% por ano, e receita anualizada de assinatura de US$ 208 milhões, um aumento de 37% por ano. A receita diferida de US$ 170 milhões, um aumento de 29% por ano.Taxa de retenção de receita de 94% para os 12 meses encerrados em 30 de junho de 2017. O lucro bruto dos seis primeiros meses de 2017 foi de 63%, um aumento de 58% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Nesse período a Rimini Street assinou 100 novos contratos e encerrou o trimestre com mais de 1.330 clientes ativos, um aumento de 39% por ano, e aumentou o número de funcionários em 17% por ano, alcançando um total de 909 profissionais em 30 de junho de 2017.

Segundo a empresa, seu negócio é prestar serviço global de suporte que permite aos usuários de sistemas Oracle, SAP, IBM, Microsoft e de outros fornecedores economizarem entre 50% e 90% nos custos totais com serviço de suporte. Os clientes podem manter suas versões atuais de software por pelo menos 15 anos sem necessidade de atualização. Seus principais concorrentes são as próprias marcas, que não aceitam a concorrência com "bons olhos".

"Nós acreditamos que com nossa forte proposição de valor vamos acelerar o crescimento de clientes na região enquanto a reputação da Rimini Street por entregar um suporte altamente responsivo e de nível premium se torna mais reconhecida.", diz o executivo.

Brasil

"Desde que chegamos ao Brasil há alguns anos, nossas ofertas têm sido recebidas com grande interesse e entusiasmo porque nós ajudamos as empresas da região a enfrentarem um ambiente econômico desafiador com uma solução que otimiza os custos com software e libera fundos que podem ser redirecionados para iniciativas de maior valor agregado para os negócios", afirma Edenize Maron, gerente geral da Rimini Street para a América Latina. A empresa atua na região desde 2009 e hoje atende a mais de 140 organizações globais com operações na América Latina, incluindo algumas marcas locais conhecidas como Embraer, Petrópolis, Abril, Riachuelo, Tupy, Marisol, Iguatemi, Gafisa, Estadão, Camargo Correa, GP Investimentos, Even, GRSA, Infoglobo, Rodobens, Promon, e mais recentemente anunciou a conquista da Atento.

RSS
Facebook
Twitter
LinkedIn

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)

Top
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial