Empresas de TI de Pernambuco veem boas perspectivas na região, mas apontam dificuldades

0
0

Uma sondagem feita pela Câmara Americana de Comércio (Amcham) de Pernambuco com executivos de empresas de TI revela que existem boas perspectivas para o setor no estado. Segundo 89% dos entrevistados, os novos empreendimentos na região e o desenvolvimento econômico local impactaram positivamente os negócios das empresas no primeiro trimestre.

Quase todos os consultados (98%) apostam numa expansão do polo de TI em Pernambuco neste ano. Além disso, 76% deles esperam crescer acima do PIB projetado para o estado, hoje em 6%. Um quinto dos executivos acredita que haverá uma elevação nas operações em ritmo acelerado, acima de 50% na comparação com o ano passado.

Entre as dificuldades enfrentadas pelas empresas de TI da região, os executivos (49%) apontam os elevados tributos, deficiência de infraestrutura e escassez de mão de obra com os principais problemas que afetam a competitividade. Eles citam também a pouca interação entre universidades, empresas e agências de fomento como entrave (citado também por 49% dos entrevistados).

Boa parte dos executivos de emrpesas de TI (38%) citam a pouca aproximação com grandes empreendimentos, enquanto 33% apontam dificuldades de acesso a fontes de recursos para investimentos em pesquisa e desenvolvimento e inovação.

Deixe seu comentário