BlackBerry promove demissões em massa nos Estados Unidos e Canadá

0
0

A fabricante de smartphones BlackBerry demitiu uma série de funcionários de sua sede em Waterloo, no Canadá, e da filial norte-americana em Sunrise, na Flórida. De acordo com sites internacionais, embora a companhia canadense diga tratar-se de "pequenos cortes", a quantidade de demitidos passaria de mil funcionários apenas no Canadá.

As equipes do sistema operacional BlackBerry 10 e de criação dos dispositivos teriam sido as que mais sofreram cortes. Na sede dos Estados Unidos, o número de demitidos chega a 75 funcionários. Em nota enviada a publicações norte-americanas, a companhia disse que as mudanças acontecem como parte do "plano de reestruturação" e que continuam buscando por novas oportunidades de "capitalizar e crescer".

Se as demissões na equipe de devices e do BlackBerry 10 forem confirmadas, a empresa mostra uma clara alteração nos planos com o sistema operacional como carro-chefe da empresa e decretará o fim do OS em um futuro próximo. Enquanto isso, o smartphone com Android Priv torna-se a "menina dos olhos" da BlackBerry ao lado das soluções de segurança para handsets.

Deixe seu comentário