Gerenciamento de Projetos: o poder ao alcance das organizações

14
34

Certo dia, no intervalo de uma palestra, um Gerente de Operações de uma pequena empresa no ramo de produção e distribuição de alimentos me perguntou como poderia aplicar técnicas de gerenciamento de projetos em sua organização. A companhia estava crescendo e, na mesma proporção, aumentavam os problemas de controle da produção e em outras áreas da empresa. Em um breve bate-papo não foi difícil entender que sua empresa havia nascido como várias outras mundo afora – elas geralmente nascem de um técnico empreendedor, que inicia um negócio sem a devida estrutura existente nas grandes corporações. Com o passar dos anos essa empresa cresce, expande seus negócios e entra definitivamente na acirrada disputa do mercado. Neste cenário, devido à falta de um controle eficaz das ações estratégicas, os problemas aumentam.

O mercado globalizado atual exige que as organizações entreguem novas demandas dento do prazo e com custos e qualidade satisfatórios. A empresa precisa ser adaptável e flexível, de forma que sua atuação garanta sua sustentabilidade. Dentro dessas ações estão os projetos estratégicos, que visam objetivos específicos em determinados períodos.

No caso citado acima, analisei que a empresa em questão já utilizava técnicas de gerenciamento de projetos e é assim que acontece desde o início dos tempos. Senão, imaginem como seriam construídos os edifícios mais antigos, pontes, estradas, computadores e outros empreendimentos. Embora não utilizassem as ferramentas, técnicas e metodologias adequadas, eles alocavam as pessoas, controlavam o tempo, utilizavam os recursos materiais e ficavam de olho nos riscos, não é verdade?

A Gestão de Projetos vem sendo empregada cada vez mais nas empresas, pois melhora sensivelmente o controle das produções, padroniza tarefas e assegura que os recursos sejam alocados de forma eficaz. Além do mais, mantém o comprometimento dos envolvidos e o patrocinador informado de suas necessidades e das mudanças que ocorrem ao longo do projeto. A disciplina de Gerenciamento de Projetos, através dos seus cinco processos – Iniciação, Planejamento, Execução, Monitoramento e Controle e Encerramento –, se adapta ao cenário empresarial e ao mercado competitivo, de acordo com a cultura da organização.

Algumas empresas utilizam, por exemplo, um controle ágil de Gestão de Projetos no seu processo produtivo, o qual pode envolver inclusive a participação dos clientes externos da companhia. Nesta gestão também pode ser controlada toda a fase de execução de um projeto, alocando recursos necessários, prazos, comunicações, qualidade e riscos.

Fique atento às ações que podem ser realizadas em forma de projetos dentro da sua empresa. Adequar padrões de planejamento e execuções, monitorando os recursos empregados, possibilita uma visão dos resultados estratégicos que asseguram sua sobrevivência no mercado competitivo e prepara para o futuro.

Sélvio Silva. gerente de projetos da PC Sistemas.

14 COMENTÁRIOS

  1. Sélvio,

    Ótimo artigo, gostei dos exemplos citados e ficou bem claro que podemos trazer o gerenciamento de projetos para dentro de nossa realidade mais do que imaginamos.

  2. É isto mesmo, gerenciamento de projetos cada vez mais essencial nas organizações que querem alcançar melhores resultados.

    Excelente reflexão!

  3. Parabéns, Sélvio! Lembro quando iniciei minha carreira na informática e você já utilizava-se de projetos para desenvolver aplicações, depois, veio a parte de projetos estratégicos para corporação. Vejo que o que mais ganhamos nisso é a direção certa do que e como fazer.
    Abraços e parabéns pelo ótimo artigo.

  4. Pessoal, Muito bom saber o Gerenciamento de Projetos tem sido visto com bons olhos mesmo para pessoas que não conhecem do assunto! Nossa ideia é continuar disseminando o conhecimento.

    Obrigado a todos!

    Keep Up The Good Work!!

  5. Parabéns… Ótimo texto, devido sua clareza e simplicidade nas informações! Uma boa estratégia e processos unido com gestão de projetos se torna um diferencial competitivo para diversos tipo de segmento organizacional!

Deixe seu comentário