Prill Tecnologia usa gamificação para reter talentos

1
0

Para superar  o desafio de desenvolver produtos de integração de sistemas, mantendo profissionais qualificados na equipe, a  Prill Tecnologia, empresa há 14 anos no mercado de tecnologia da informação, e criou um processo de gamificação da gestão de pessoas.

Eduardo Prillwitz, sócio e fundador da Prill explica que a estratégia possibilitou o crescimento de 40% num mercado competitivo. Como o próprio nome diz, "gamificação" é transformar a ação, a necessidade ou o processo, em formato de game (jogo), dando mais emoção, engajamento e disciplina, misturados com aspecto lúdico.

"Estamos trabalhando há alguns anos na implementação, dentro da Prill Tecnologia, de um modelo de gamification para inspirar e gerar engajamento da equipe aos valores e ao direcionamento estratégico através de elementos e mecânicas existentes nos jogos", explica.

Para viabilizar esta iniciativa, implementou uma ferramenta de gerenciamento das tarefas, de forma a guardar registros que são utilizados como insumos para medir as metas alcançadas no dia a dia de trabalho de cada colaborador. "O primeiro desafio foi a cultura da utilização da ferramenta", conta oexecutivo.

Depois de todos os times aptos e engajados na ferramenta,  desenvolveu um dashboard que apresenta, em tempo real, o status de cada projeto, no que se refere a custo, prazo e qualidade. Este painel fica visível para toda a equipe e permite um feedback imediato.

Com o "game" funcionando, o próximo passo foi a criação dos prêmios virtuais alinhados aos valores da empresa. "Isso gera um incrível engajamento através de reconhecimento", diz Prillwitz.

A Prill criou uma "Bolsa de Inovação" onde colaboradores publicam suas ideias e os próprios avaliam todas elas segundo critérios previamente selecionados, que se enquadram nas estratégias da empresa. As inovações mais votadas pelos próprios colaboradores serão defendidas por seus criadores junto a um comitê. 

"Novos indicadores estão sendo produzidos, relacionados à eficiência, qualidade, inovação, e serão consolidados em uma página individual", explica. Mas o ponto que se mostrou mais complicado, foi alinhar a carreira com a Gamificação. "Estamos tornando as promoções como passagens de nível em um jogo. Através de pontos de conhecimento acumulado e de desempenho nas tarefas inerentes aos cargos, este último medido através de uma avaliação 180º".

Todo processo de desenvolvimento e implementação da gamificação envolveu a equipe de forma a conquistar o engajamento no próprio uso das ferramentas e principalmente para reduzir o risco. "A iniciativa gerou reduções perceptíveis de defeitos, aumento do comprometimento e esperamos observar uma redução da rotatividade", finaliza.

1 COMENTÁRIO

Deixe seu comentário