Oi aceita oferta da Piemente Holding e vai vender cinco data centers

0
0

O Grupo Oi anunciou ter aceito uma proposta vinculante da Piemonte Holding para a venda de cinco data centers. Executada por meio do veículo de private equity da Piemonte Holding, instituição financeira nacional focada em investment banking e inovação digital, a transação passará agora pelo crivo da assembleia geral de credores e por um leilão judicial, e seu fechamento depende, dentre outras condições costumeiras a operações do tipo, (a) da homologação judicial do Aditamento ao Plano de Recuperação Judicial do Grupo Oi; (b) da efetiva realização e conclusão do leilão judicial e (c) da homologação do resultado do leilão judicial declarando o veículo de private equity da Piemonte como vencedor.

Assessorado pelo Bank of America, o Grupo Oi segregará os ativos-objetos da operação em uma UPI (Unidade Produtiva Isolada), que incluirá ativos operacionais da Oi S.A. – em recuperação juducial, da Oi Móvel S.A. – em recuperação juidicial, da TELEMAR NORTE LESTE S.A. – em recuperação judicial e da Brasil Telecom Comunicação Multimídia S.A.. A estrutura de UPI garante maior proteção aos veículos de investimento da Piemonte Holding contra potenciais riscos da recuperação judicial do Grupo Oi.

A aquisição, se concretizada, será um aporte de grande importância para a holding de data centers da Piemonte Holding, Elea Digital, que já possui investimento na GBT S.A., em Brasília, inteiramente dedicado a serviços financeiros e que tem a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil como clientes.

Os cinco data centers que poderão passar a fazer parte do conglomerado da Elea Digital estão localizados em Curitiba, Porto Alegre, São Paulo e Brasília, com duas unidades. Se implementadas as condições mencionadas, a conclusão da transação deve acontecer nos próximos meses, e tornará a Elea Digital uma holding com ativo total de mais de R$ 1 bilhão.

Deixe seu comentário