Santa Clara e Lucy anunciam parceria para aproximar marcas e influenciadores

0
2

A agência Santa Clara anunciou uma parceria com a Lucy, uma plataforma que conecta e monetiza a relação entre influenciadores e marcas gerando oportunidades em real time nas redes sociais. A agência pretende atender dois pontos fundamentais: primeiro, atende a seus clientes, que hoje estão interessados nos influenciadores. E segundo, fortalece o Santa Clara PME, projeto recém-lançado que é focado em clientes com verbas de marketing mais restritas, entre R$ 1 e 2 milhões de reais anuais, e que se apoia em novas ferramentas digitais para disponibilizar a inteligência de uma grande agência para anunciantes que de outra forma não teriam acesso a este serviço.

A Lucy é o primeiro marketplace de influência nas redes sociais, uma plataforma de endorse marketing que usa do cotidiano e da inspiração de influenciadores estratégicos, como celebridades, artistas, esportistas e outros formadores de opinião, para engajar consumidores através de narrativas mais autênticas nas redes sociais.

"Com uma rapidez enorme o universo dos influenciadores se tornou um verdadeiro veículo de informação e uma plataforma de comunicação para as marcas. Embora muita gente saiba e fale disso, poucos de fato abordam os influenciadores de forma consistente. É com essa intenção que a Santa Clara se junta à Lucy: para oferecer aos nossos clientes uma abordagem estratégica que permite um contato muito mais próximo e específico com o público", detalha Leo Ganen, CFO da Santa Clara.

"A Lucy promove uma conexão direta entre marcas e influenciadores a partir de um match, que acontece quando as duas partes demonstram interesse mútuo em permanecerem conectados para realizarem transações pela plataforma. Um app (iOS e Android), desenvolvido com exclusividade para influenciadores, e um painel de controle para marcas e agências garantem não só agilidade na realização de ações, mas também uma melhor gestão dos conteúdos publicados. É o fim do calhau nas redes sociais. Todo dia vemos oportunidades para marcas estabelecerem novas conversas com seus consumidores através de interlocutores legítimos. Agora com influenciadores sempre conectados às marcas que consomem ou admiram, e sempre prontos para receber missões e criar conteúdos autênticos, ficou muito mais fácil e mais rápido", explica Thais Saraiva, co-founder e CEO da Lucy.

Deixe seu comentário