Engineering aposta em IA para o gerenciamento de perda de água

0
11

Engineering apresenta ao setor de saneamento uma solução de Inteligência Artificial para a gestão de perdas de água e apoio às tomadas de decisões, nomeada Net@Decision, assim como aposta num aplicativo, o DigiSelf, também baseado em IA e que é direcionado para o cliente final realizar a autoleitura de seu consumo de água e solicitar serviços. 
 
A solução Net@Decision, segundo a Engineering, foi criada em virtude das metas propostas no Novo Marco Legal do Saneamento Básico, que define a universalização dos serviços de água e esgoto até 2033, tendo a redução progressiva e o controle da perda de água como itens. De acordo com o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), o número da perda de água no sistema de distribuição chega a 51% e envolve vazamentos, falhas nos sistemas de medição e ligações clandestinas, entre outros indicadores. A expectativa, segundo às metas definidas pelos órgãos regulatórios no Novo Marco, é que esse número chegue a 31% em 2033. 
 
"Hoje, as empresas de saneamento possuem uma grande quantidade de informações vindas de diversos sistemas, o que dificulta o correto acompanhamento e gerenciamento de indicadores de perdas. Cientes desses desafios, implementamos tecnologias como Analytics, Artificial Intelligence, Internet of Things (IoT) e Machine Learning, para driblá-los", explica Luciano Gajardoni, diretor técnico de Energy & Utilities da Engineering. 
 
A solução Net@Decision integra dados de diversas fontes, resultando numa gestão mais eficiente do sistema de abastecimento de água com insights sendo gerados em tempo real e análises preditivas, que auxiliam não somente às rotinas operacionais, como também às tomadas de decisões, possibilitando o direcionamento de esforços e investimentos ainda mais estratégicos e assertivos e, tendo como consequência, o aumento da lucratividade e a redução dos índices de perdas – pontos alinhados com a agenda ESG (Ambiental, Social e Governança Corporativa, em português) e o Novo Marco do Saneamento. 
 
Outra aposta da companhia é o aplicativo DigiSelf, que é direcionado à autoleitura do consumo de água. O app tem como objetivo reduzir os erros de leitura e otimizar a experiência do cliente final por meio da Inteligência Artificial, tecnologia responsável por capturar os números do hidrômetro e permitir que o usuário possa gerar sua fatura de forma autônoma, ou seja, sem a presença do leiturista, profissional especializado, além de obter um histórico de consumo, alertas de anomalias e informações sobre interrupções de fornecimento em sua região, entre outras.

Deixe seu comentário