O papel da cloud computing na transformação digital dos negócios

0

Nos mais diversos setores, a Cloud Computing tem transformado a maneira de armazenar e gerenciar dados, indo muito além de apenas uma questão de conveniência e agilidade para as empresas. Isso porque ela representa um universo de possibilidades, fundamental não só para o crescimento sustentável dos negócios, mas também para gerar impactos significativos na sociedade de maneira geral.

Quando pensamos nos segmentos mais afetados pela pandemia nos últimos dois anos, a Cloud Computing está entre as tecnologias que permitiram rápidos avanços e adaptações. Na área da Saúde, por exemplo, trouxe agilidade no atendimento dos pacientes, ao melhorar o gerenciamento e a integração dos registros médicos entre os diferentes órgãos e empresas do setor. Já na Educação, possibilitou aos alunos participar de aulas online em qualquer lugar e horário, sem que as instituições de ensino tivessem que lidar com uma infraestrutura complexa e cara.

A partir desse cenário, espera-se que nos próximos anos essa transformação digital baseada em nuvem ganhe ainda mais força. A consultoria Gartner aponta que, em 2022, a receita global da nuvem é estimada em US$ 474 bilhões, superando os US$ 408 bilhões em 2021. Mais de 85% das organizações adotarão o princípio 'cloud first' até 2025 e não serão capazes de executar totalmente suas estratégias digitais sem o uso de arquiteturas e tecnologias nativas da nuvem.

Em um universo corporativo ocupado por startups que já nasceram com suas infraestruturas nativas em nuvem, as empresas mais tradicionais já estão revendo e modernizando sua infraestrutura de TI. Migrar tecnologias não é um processo tão complexo quanto parece, já que é possível conectar soluções legadas à novas ferramentas de mercado, sem a perda de dados e de serviços. O importante é que cada companhia compreenda seu momento e sua real necessidade, aproveitando o melhor de cada modelo de nuvem.

Nesse ponto, a maioria das organizações cresceu além da fase inicial de migrar algumas de suas cargas de trabalho do local para um único fornecedor de nuvem e deseja aproveitar toda a experiência e vantagens. Isso porque manter servidores, data centers e diversos profissionais disponíveis para cuidar do funcionamento da infraestrutura de TI pode significar um custo alto para a empresa, que mesmo sendo muito importante, poderia ser revertido em investimentos na atividade principal da organização.

Com o uso da computação em nuvem, praticamente todos os equipamentos que antes ocupavam tempo de equipes e espaço físico se tornam dispensáveis. Os cuidados com a infraestrutura e segurança dos dados podem ser integralmente passados para quem oferece os serviços e diversos colaboradores podem ser alocados em outras funções que busquem inovação e visão de futuro. Além disso, a computação em nuvem permite também que o contratante configure seus servidores de acordo com sua demanda, e pague somente pelos recursos que escolher, ou seja, um modelo de negócio considerado mais justo e transparente.

A principal missão e desafio da cloud, no entanto, é trazer consistência em um modelo de trabalho mais unificado. Por outro lado, benefícios e qualidades não faltam à tecnologia. É inquestionável que a adoção da nuvem está no horizonte de qualquer negócio inovador, pois confere flexibilidade, segurança, baixo custo e liberdade para usar os diferentes modelos de nuvem que mais se adaptem à realidade do negócio.

Enrico Roman, CTO da Bedu.Tech.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui