Segurança em IoT: sete pontos fundamentais que você precisa saber

0
15

As empresas de hoje estão se transformando rapidamente e a definição de suas redes está em constante mudança. Nuvens híbridas, dispositivos IoT e agora, home office. Com a expansão da borda da rede, aumenta também o risco cibernético conectando empresas a ataques virtuais frequentes, graves e sofisticados.

Para se proteger, companhias precisam acabar com a dependência de medidas de segurança reativas e, mais do que nunca, apontar soluções. Como alternativa, é preciso adotar uma segurança de rede inteligente e proativa, impulsionada por machine learning – uma mudança radical de mentalidade em cibersegurança.

Especialistas em segurança IoT e líderes do setor discutiram recentemente em um evento de lançamento de produto sobre a necessidade urgente de uma maneira nativamente integrada e sem assinatura de proteger os dispositivos IoT nas empresas.

Listamos a seguir os sete principais pontos a serem destacados no que tange à segurança em IoT:

  • Cada vez mais dispositivos IoT estão conectados a redes corporativas. Esses dispositivos apresentam uma quantidade cada vez maior de riscos de segurança. Cerca de 45% das empresas já têm algum tipo de implementação IoT e outros 26% estão planejando implantar algum dispositivo IoT nos próximos 12 meses.
  • Garantir investimentos em IoT tornou-se fundamental para as organizações sobreviverem e prosperarem. A maioria das empresas concorda com isso. Para 76% delas, garantir IoT é uma prioridade. No entanto, apenas 16% se sentem preparados para proteger seus dispositivos IoT contra ameaças virtuais.
  • Dispositivos IoT apresentam desafios específicos de segurança e muitos deles são trazidos para as organizações sem o conhecimento da TI. Desafiador o suficiente para proteger, até mesmo identificá-los na rede, antes de mais nada, já é uma tarefa difícil.
  • A maneira mais eficaz de lidar com os desafios de segurança que surgem de dispositivos não gerenciados na rede é, gerenciá-los. Uma solução de segurança IoT identifica cada dispositivo, determina quais não estão executando proteção endpoint e protege todos eles independentemente.
  • A solução de segurança IoT ideal usa uma abordagem de aprendizado de máquina (ML) e integra perfeitamente todos os cinco estágios do ciclo de vida IoT – desde a descoberta de dispositivos IoT e seus riscos associados até ajudar a avaliar vulnerabilidades e implementar práticas recomendadas para controlar novos riscos à medida que é inevitavelmente criado.
  • A solução de segurança IoT ideal empodera as equipes de TI para que monitorem proativamente o risco do dispositivo, detectem anomalias, recomendem e apliquem políticas para fiscalização e prevenção de ameaças, ao mesmo tempo que garante o nível de visibilidade mais preciso e profundo.
  • E o mais importante, a solução de segurança IoT ideal é fácil de implementar. Configurado com recursos exclusivos e construções de políticas em firewall de última geração com tecnologia ML, a solução para IoT deve permitir que as equipes de TI apliquem segmentação de rede com reconhecimento dos grupos de dispositivos para reduzir o risco, automação para minimizar o esforço manual e prevenção para eliminar ameaças conhecidas e desconhecidas. A ferramenta precisa ser como um interruptor, apenas ligando a chave para começar.

Com estas medidas sua empresa ficará muito mais protegida frente aos novos ataques.

Marcos Oliveira,  country manager da Palo Alto Networks Brasil.

Deixe seu comentário