Nintendo reconhece violação de 160 mil contas de usuários

0
0

A Nintendo reconheceu que sofreu uma grande violação de privacidade, com as contas de até 160 mil pessoas sendo acessadas. A brecha começou no início de abril e está ligada ao sistema de login na Nintendo Network ID, informou a empresa em seu site de suporte japonês.

A empresa alertou que os apelidos, datas de nascimento, regiões e endereços de e-mail dos jogadores afetados podem ter sido vistos por terceiros e que compras digitais não autorizadas poderiam ter sido feitas no eShop da Nintendo. No entanto, observou que nenhuma informação do cartão de crédito foi roubada.

Antes da declaração da Nintendo, os jogadores estavam reclamando nas mídias sociais que os hackers estavam gastando centenas de dólares em moeda Fortnite e outros produtos digitais, conforme relatado na segunda-feira pelo site ZDNet.

Os usuários da Nintendo foram às redes sociais para reclamar que os hackers estavam acessando suas contas e depois abusando das informações anexadas do cartão de pagamento para comprar a moeda Fortnite e outros jogos da Nintendo.

A empresa desativou a capacidade de fazer login usando seu Nintendo Network ID e as senhas das contas afetadas serão redefinidas. As pessoas cujas contas foram violadas serão notificadas por e-mail, e a Nintendo recomenda que você configure a verificação em duas etapas para sua conta, caso ainda não o tenha feito.

"Pedimos sinceras desculpas por qualquer inconveniente causado e preocupação aos nossos clientes e partes relacionadas", afirmou a Nintendo em seu site japonês. "No futuro, faremos mais esforços para fortalecer a segurança e garantir a segurança, para que eventos semelhantes não ocorram." Com informações de agências internacionais.

Deixe seu comentário