Ericsson processa Apple por quebra de patentes relacionadas às comunicações móveis 2G e 4G

0
22

A Ericsson entrou com ação nesta sexta-feira, 27, contra a Apple na Comissão de Comércio Internacional dos Estados Unidos (ITC, na sigla em inglês) alegando que a companhia violou suas patentes. A ação também foi impetrada no Tribunal do Distrito Leste do Texas.

De acordo com informações do The Wall Street Journal, o processo diz respeito a patentes relacionadas às normas de comunicações móveis 2G e 4G/LTE (Long-Term Evolution), fundamentais para o funcionamento de dispositivos da Apple, como iPhones e iPads.

A fabricante americana deveria ter renovado seu acordo de licença com a Ericsson no mês passado, mas rejeitou a oferta. O acordo, firmado em 2008, exigia a Apple pagar royalties pelo uso de tecnologia patenteada pela Ericsson. Agora, a companhia sueca tenta negociar um novo acordo de licenciamento que se baseia nos mesmos princípios que o anterior.

"Ao recusar oferta de licenciamento justo e razoável da Ericsson para a tecnologia patenteada usada em smartphones e tablets da Apple, a empresa prejudica todo o mercado e reduz o incentivo para compartilhar a inovação", disse a Ericsson em um comunicado.

Deixe seu comentário