TI híbrida se torna modelo para empresas, mas gestão do ambiente ainda é desafio

0
22

Relatório apresentado pela Dimension Data revela que a TI híbrida está se tornando um padrão corporativo, mas não há uma regra única para atingir esse modelo. A migração de dados é um dos desafios comuns de implementação citado na pesquisa, pois 44% dos entrevistados disseram que acharam desafiador determinar qual opção é a melhor para uma carga de trabalho específica e para migrar cargas de trabalho para novos locais.

Enquanto 38% das empresas entrevistadas afirmaram que usam automação para acelerar a migração de aplicações, 48% disseram que a migração em suas empresas é manual e que exige um trabalho intensivo, ou que elas usam recursos internos. Hoje, a migração de dados e aplicações continua complexa e cara para a maioria das organizações.

Os principais motivadores da mudança para a TI híbrida variam de acordo com o país. Empresas de Hong Kong, do Reino Unido e dos Estados Unidos destacaram as demandas dos usuários finais com mais frequência, enquanto respondentes da França, de Cingapura e da África do Sul notaram os custos como motivo mais frequente. As organizações da Malásia listaram desafios de contratações, e empresas da Alemanha mencionaram a capacidade limitada dos data centers como os fatores de motivação mais comuns.

O relatório Fatores de Sucesso para Gerenciar a TI Híbrida aponta que a gestão do ambiente de TI híbrida está entre os três maiores desafios de implementação, segundo 41% dos respondentes.

A pesquisa foi feita com 1.500 tomadores de decisão de TI de diversas indústrias verticais pelos Estados Unidos, Europa, Ásia-Pacífico e África do Sul.

Deixe seu comentário