Ações da AVG sobem 12% após divulgação de resultado trimestral

0
33

Apesar de reportar queda no lucro líquido, os resultados financeiros da fabricante de softwares de segurança para computadores e dispositivos móveis AVG referentes ao primeiro trimestre agradaram os investidores. A base de usuários móveis da empresa cresceu 29% em um ano, para 104 milhões, contribuindo para a base total de 202 milhões de usuários nos primeiros três meses do ano. Além disso, a receita de assinaturas apresentou crescimento de dois dígitos no período.

Um dia após a divulgação do balanço, as ações da AVG abriram o pregão desta quinta-feira, 30, na Nasdaq cotadas a US$ 22,66, alta de 3,4% em relação ao fechamento do dia anterior. Às 12h50 (horário de Brasília), as ações atingiram pico de US$ 24,54, elevação de 12%. O bom desempenho da AVG perdurou durante todo o dia e as ações encerraram o pregão valendo US$ 23,94, alta de 9,2%.

A AVG encerrou o primeiro trimestre com lucro líquido de US$ 11,9 milhões, queda de 33% em relação aos US$ 17,9 milhões registrados no mesmo período de 2014. A receita total da companhia, por sua vez, cresceu 9%, totalizando US$ 102,8 milhões, ante os US$ 93,5 milhões na mesma base comparativa.

As vendas de assinaturas representaram a maior fatia da receita, contabilizando US$ 81,5 milhões, cifra 21% maior que a computada no mesmo trimestre de 2014. Já a receita arrecadada com plataforma derivada foi de US$ 21,2 milhões,19% a menos na comparação ano a ano.

Deixe seu comentário