TI INSIDE Online -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Seal Telecom integra tecnologia audiovisual no IRCAD Brasil

Postado em: 26/09/2011, às 19:44 por Redação

O Hospital de Câncer de Barretos incorpora em seu complexo mais um projeto de inovação. Em julho, inaugurou o IRCAD Brasil, Instituto de Treinamento em Técnicas Minimamente Invasivas e Cirurgia Robótica, que tem como missão aplicar cursos de Telemedicina para médicos que atuam nos diagnósticos de câncer do aparelho digestivo. Dentre inúmeras tecnologias necessárias para a realização do projeto, a Seal Telecom foi responsável pelo fornecimento e integração de soluções dos sistemas de áudio e vídeo.

Originalmente, o IRCAD é um instituto francês fundado em 1994 para levar ensino à distância de cirurgias laparoscópicas. Em 2008, o Instituto inaugurou sua segunda unidade em Taiwan e, em 2010, iniciou seus projetos para implantar uma unidade na América Latina, visando atender esta região. A ideia de trazer o IRCARD para o Brasil teve início com o dr. Armando Melani, um dos maiores especialistas na área de microcirurgias laparoscópicas do aparelho digestivo do mundo, que atua no Hospital de Câncer de Barretos e no IRCAD na França.

Em território nacional, o centro deveria ser equipado com 23 estações experimentais, com capacidade de dois participantes cada, todos conectados com sistemas de treinamentos multimídia, além de um anfiteatro para 130 pessoas e duas salas com a capacidade de 47 participantes. O desafio nas instalações brasileiras seria seguir as diretrizes do IRCAD da França, melhorando a capacidade das tecnologias a partir de soluções mais modernas.

“Para as instalações, procuramos uma empresa nacional que tivesse condições de fazer um projeto completo de áudio, vídeo, armazenamento, entre outras tecnologias necessárias para a transmissão de imagens em alta resolução, oferecendo aos alunos a máxima precisão tanto nas cores como nas texturas captadas durante as cirurgias. Identificamos a Seal Telecom como uma integradora que nos deu maior segurança na definição e integração do projeto como um todo e que garantisse um bom atendimento no pós-venda”, avalia dr. Armando, atual diretor-científico do IRCAD Brasil.

Projeto

De acordo com Alexandre Novakoski, diretor comercial da Seal Telecom, a integradora foi procurada pela diretoria do Hospital de Câncer de Barretos por ser no Brasil a representante exclusiva da AMX, fabricante que tem suas soluções integradas no ICARD na França. Para a execução do projeto, a empresa definiu seu escopo e traçou as estratégias de implementação.

Para a captação, edição e armazenamento de imagens, o projeto contou com as câmeras Full HD da Sony, além do sistema inovador Network Solution, também da Sony, que atende a todas as necessidades de transmissão, entregando as imagens captadas em alta velocidade e em tempo real. “Evitar o ‘delay’ na transmissão das imagens era um desafio para a integração, pois é o ponto vital para as cirurgias minimamente invasivas. Estas imagens são transmitidas no auditório por um projetor 4K, tecnologia que eleva em oito vezes a resolução das imagens quando comparado com o formato HDMI”, avalia Novakoski.

O centro cirúrgico do IRCAD Brasil está equipado para até 13 cirurgias simultâneas. Para suportar a transmissão, a Seal Telecom disponibilizou sistemas de automação da fabricante AMX, e sistema de conferência com tradução simultânea e votação da Beyerdynamic – que traz unidade de controle manuseada por tela touch screen, oferecendo fácil acesso a funções como seleção de canal e tecnologias para mensurar, validar e controlar o nível de ruído ao qual o intérprete é exposto. Os sistemas de sonorização digitais, das fabricantes Biamp e Bose, integram hardware e softwares em uma mesma solução.

O) executivoi reforça que o projeto, além da sua importância inovadora e tecnológica, tem valor humanitário para a Seal Telecom. O Hospital de Câncer de Barretos atende somente pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde), e o IRCAD Brasil foi criado com o objetivo de ser um centro de treinamento com as mesmas características. “Esta é a grande jogada do Hospital de Câncer de Barretos. Trazer para o Brasil um Instituto mundialmente famoso, com tecnologias integradas com o que há de melhor no mercado atual. Além disso, de todas as vagas disponíveis para cada tipo de curso, 30% delas serão oferecidas gratuitamente para médicos de hospitais públicos e estaduais do País. E quem ganha com isso é a população”, comenta.

O projeto, que contou com investimento em torno de R$ 6.5 milhões despendidos somente na parte multimídia integrada pela Seal Telecom, foi desenvolvido em seis meses e a implantação realizada em um ano. A fase de operação assistida contará com profissionais da Seal Telecom para a manutenção do projeto e treinamento dos colaboradores do IRCAD. “Este projeto trouxe um desafio para toda a equipe que pôde se desenvolver em outras capacidades. Hoje, sem dúvidas, estamos em outro nível de integração multimídia no Brasil e isso é um lucro fabuloso para a empresa. Esperamos levar nosso conhecimento a outros projetos”, finaliza.

IRCAD Brasi
O IRCAD Brasil está se posicionando como um dos maiores centros de treinamento em cirurgia minimamente invasiva da América e tem duas metas principais: fornecer aos cirurgiões do continente americano uma formação de alto nível no campo da cirurgia minimamente invasiva; e realizar pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias, incluindo ciência da computação e cirurgia robótica.

O site ainda enfatiza que o IRCAD Brasil tem tecnologia e métodos de ensino sofisticados, principalmente em ambientes como a sala de cirurgia experimental, que está equipada com 22 mesas ligadas por um sistema multimídia de alto desempenho, e conta com cerca de 800 renomados cirurgiões para ministrar os cursos.

Pelo planejamento realizado no Strasbourg IRCAD, o Centro visa formar cerca de seis mil cirurgiões por ano dentro de cinco anos, para a América Latina e América do Norte, nas especialidades de cirurgia geral e digestiva, colorretal, urologia, cirurgia bariátrica pediátricos, ginecologia, endoscopia, neurocirurgia, artroscopia, cirurgia por meios naturais.

Mercado de telemedicina
O estudo “Telemedicine: Opportunities for Medical and Electronic Providers”, realizado pela BCC Research, no início de 2011, estima que globalmente o setor de telemedicina crescerá de US $ 9,8 bilhões em 2010 para US $ 23 bilhões em 2015 – taxa de crescimento anual composta de 18,6% nos próximos cinco anos. O mercado de prestação de serviços médicos a distância no mundo em 2009 foi de US $ 5,6 bilhões e representou 71% do mercado total de Telemedicina. Este setor representou US $ 6,9 bilhões em 2010 e é esperado chegar a US $ 15 bilhões em 2015, uma taxa de crescimento anual composta de 16,8%.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top