Tlantic, do grupo Sonae, investe em solução mobile para o varejo

0
0

Proporcionar a melhor experiência de uso para os clientes, fornecedores e funcionários da área de varejo é abordagem de negócios que a empresa Tlantic, com sede em Porto Alegre, que tem participação minoritária do grupo português de supermercados Sonae, pretende enfatizar como diferencial de mercado ao lançar no Brasil a versão mobile que faz parte da sua suíte de gestão de varejo.

A informação é de Paulo Magalhães, CEO da empresa, que esteve nos país para apresentar a plataforma Tlantic Mobile Retail Suite, explicando que ela ao mesmo tempo proporcionará a melhor experiência "Onmichannel" aos consumidores e melhores processos corporativos. Ela se integra com ao portfólio de soluções oferecidas pela empresa, que inclui os módulos InStore, Sales, Logistics, Customer, Management e inStore Picking.

Como exemplo de uso, cita o próprio grupo Sonae, em Portugal, que hoje soma 6.600 dispositivos em funcionamento nas lojas, onde em média são executadas 2 milhões transações mês, proporcionado uma economia de 10 milhões de euros ao ano para a empresa.

No Brasil, a empresa foi criada em Porto Alegre, e mesmo depois da venda da rede de supermercados para o Wallmart em 2005, continuou atuando no Brasil de forma independente, conquistando clientes como Boticário e Pão de Açúcar. Hoje soma 110 funcionários no país e contabiliza um faturamento de cerca de R$ 20 milhões.

Solução

A solução Mobile Retais Suíte pode integrar todos os processos de back office, como o ERP, POS, sistemas de estoque de logística, facilitando controle de reposição, de precificação, planejamento, ordem de produção e gestão de estoque, entre outros.

Pelo lado do consumidor, proporciona melhor experiência de compra, pois o cliente consegue visualizar e interagir com produto através do scanner do código de barra; uma reserva de compra; ver avaliações de outros consumidores; administrar cupons de desconto e promoções para uso em qualquer loja de rede; compartilhar informações através de rede sociais ou e-mail, entre outros.

Magalhães explica que a solução "um salto na conveniência de compra do consumidor, pois ele pode ter a experiência de uso não só fora das lojas, mas também dentro do estabelecimento, facilitando a localização de determinado item dentro de uma gôndola. O funcionário do supermercado também pode usar um dispositivo móvel para gerir melhor o inventário do estabelecimento, estimulando promoções e venda de produtos. Ou seja, uma cadeia virtuosa que atende a empresa, os funcionários e o consumidor".

Deixe seu comentário